sexta-feira, 15 de abril de 2011




Regresso ao fim de alguns meses, com uma foto que me faz sonhar, imaginar, ter vontade de ir até lá acima e sentir como é estar mesmo no vazio...flutuar e não pensar nas coisas que ficam cá em baixo...
Posso mesmo afirmar que é a minha eterna companheira, mostra-me o caminho durante a noite com a sua luz branca, seja sozinho, seja acompanhado, seja o caminho correcto ou o errado.

Passamos horas a contemplar a sua beleza, é pena não conseguir vê-la da minha cama, horas e mais horas...brilha para o mundo até que os olhos que a contemplam se cansam e adormecem para mais um sonho, sabendo que amanhã lá está ela para os iluminar de novo.

1 comentário: