quinta-feira, 21 de julho de 2011

Aqui, onde tudo vejo.




"Finalmente..depois de saltar e saltar..de procurar e procurar..finalmente encontrei o meu lugar..por agora, descanso, olho em meu redor, vejo e revejo o que me rodeia..poiso neste..finalmente encontrei um lugar, um alimento, uma força..uma cor..um espaço onde me sinto bem, onde sou a única, onde fico quieta, sossegada e só..precisava, após tanta busca, julgo que encontrei..finalmente!
Continuo quieta..sossegada..só..no meio de tanta coisa a acontecer..deixo-me ficar..aqui sinto-me bem..tenho quase tudo..quase tudo..e aqui fico.."

sábado, 25 de junho de 2011

O carrossel.




Todos os dias, noites, saímos com vontade de não voltar pelo mesmo caminho...tentamos-nos enganar...enganamos-nos, mas não enganamos...por mais voltas que se dê voltamos sempre pelo mesmo sitio...deixamos um rasto pelo qual é impossível fugir...pensamos..."da próxima tem que ser diferente..."...não dá...é o destino, é como o carrossel, por mais voltas que tente dar...o caminho é aquele, a quase volta é aquela...a sorte dele é que ainda deixa um rasto de luz...já nós temos que o procurar...

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Preso na Liberdade...




Estou ferido, ramos e ramos para atravessar, sei que do outro lado estou livre, aqui também estou livre, mas estes ramos, tiram-me a pele...quase sem forças...estou praticamente do outro lado...liberdade...descubro que não sei voar...falta pouco...fecho os olhos, sinto o Sol aquecer-me o corpo, não sei voar...finalmente do outro lado...estou livre, mas existem tantos ramos à minha volta...e eu não sei voar...

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Véspera!





Partir numa aventura planeada poucas horas antes, sabe sempre bem, mesmo que nada corra como o esperado, apesar de esta aventura ter saído muito bem...é o que dá ter grandes amigos...para lembrar essa aventura aqui vos deixo esta bela paisagem...boa ou má tecnicamente gostei e quando se gosta é sempre a melhor...

Um sitio fantástico para passar uns dias, relaxar, descansar...e com aquele pôr do sol...sonhar....

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Castelo de Beja



Ao som de "Castelo de Beja" vos deixo esta fotografia com mais ou menos técnica, achei que depois de uma noite de tunas esta foto era ideal para publicar.

"Eu hei-de ir, Hei-de ir
Eu Hei-de ir andando...
Tu has-de ficar...Tu has-de ficar...
em casa chorando...
Castelo de Beja...
Subindo la Vais...
Tu metes inveja...
Tu metes inveja...
Ás aguias reais...
E Ás Aguias Reais...
Tu metes inveja...
Subindo la vais...
Ja nao sobes mais...
Castelo de Beja."

sexta-feira, 15 de abril de 2011




Regresso ao fim de alguns meses, com uma foto que me faz sonhar, imaginar, ter vontade de ir até lá acima e sentir como é estar mesmo no vazio...flutuar e não pensar nas coisas que ficam cá em baixo...
Posso mesmo afirmar que é a minha eterna companheira, mostra-me o caminho durante a noite com a sua luz branca, seja sozinho, seja acompanhado, seja o caminho correcto ou o errado.

Passamos horas a contemplar a sua beleza, é pena não conseguir vê-la da minha cama, horas e mais horas...brilha para o mundo até que os olhos que a contemplam se cansam e adormecem para mais um sonho, sabendo que amanhã lá está ela para os iluminar de novo.